domingo, 21 de setembro de 2014

Afinal sempre há sargos na figueira - Resumo de pescarias

Bem como nao tinha tirado as duvidas , antes de voltar ás aulas passei mais uma semana e investiguei uns pesqueiros ...
Navalha no saco , piao preparado , fio reparado e siga pó pesqueiro ! Embora se leve alguns banhos o pesqueiro é bom , saiu um sargo ao meu lado com perto de 700 gramas... quanto a mim foram 4 sargos e uma baila jeitosa , mas muito peixe perdido nas pedras pois desferravam ao içar ... alguns bons ...


Passados uns dias fui fazer uma chumbadinha há praia e nao é que demos de cara com uma bela pesca , num pesqueiro que nunca tinhamos imaginado peixe daquele calibre , o meu colega até tirou uma dourada ... infelizmente foi a unica ....

uma boa douradeca !

um pequeno molhe situado ao lado da praia onde fizemos mais umas safias


dourada de 700 g e safia com 400gr

Já nos ultimos cartuchos fui até ao molhe norte á procura dos sargos mas dei-me de caras com um mar muito barrento mas lá consegui safar a pesca com uma baileca e uns robaletes que sempre deram gozo ao tirar...
O contraste das águas ....

Um pesqueiro de acesso complicado , mas é isso que lhe dá o gozo !

O meu pequeno escadote para subir para o meu "banquinho"

Sem nada á mao um gajo tem de improvisar onde guardar o isco xD

Muitos peixes içados mas apenas vieram estes dois ... há que respeitar os limites e pensar que se libertarmos os pequenos esses podem vir a crescer e ficar com uns 2 ou 3 kilos e dar muitos mais robalos!


Sem comentários:

Publicar um comentário